Realidade dispensa sofisma!

Este é um assunto que deve, sempre, estar presente em Site/Blog.

Lemos e ouvimos de profissionais que preferem ser chamados de ‘educadores”, ao invés de sê-lo de professor, dando opinião, às vezes revestidas de quem jamais teve oportunidade de labutar dentro de uma sala de aula e que sequer sabem montar um plano de aula e de curso, onde a realidade nua e crua acontece nas unidade escolas de ensino básico do nosso país. Fui professor, por mais de três décadas, no ensino básico e também superior. Tive oportunidade de exercer as atividades docentes em sala e também como coordenador de disciplinas. Como uma das últimas funções, foi diretor adjunto da Escola Técnica República com 5 mil alunos nos três turnos escolares, sendo a maior unidade do Sistema Faetec, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação/RJ. Já está mais do que provado, sem necessidade da elaboração teoria, muita das vezes, descolada da realidade que uma escola exige, demanda e prioriza uma boa biblioteca; salas confortáveis, portanto, acolhedora; laboratórios bem equipados com abrangência às todas as disciplinas; sanitário como um mínimo de decência para utilização; tudo isso aliado a um bom projeto político-pedagógico que também incentive uma intenso vínculo com os familiares do corpo discente, e por último, não menos importante, um plano de carreira que valorize figura central para o sucesso do complicado ensino-aprendizagem, que é a do Professor. O resto, mesmo com boas intenções, é para inglês ver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: